11 2721-3977

vertexindustria

facebook google plus linkedin

NOTÍCIAS

Usinagem de peças: linha de crédito para indústria 4.0 aquece o setor

12/06/2018

Usinagem de peças também será beneficiada pelo investimento do governo, devido aquecimento do setor.

No primeiro semestre deste ano, foi criada a Agenda Brasileira para a indústria 4.0 que inclui a linha de crédito de R$ 9,1 bilhões. Este investimento servirá para financiar a modernização das plantas produtivas, produção de máquinas e sistemas. Outro benefício é a alíquota zero para a importação de robôs, capacitação profissional e recursos para fábricas do futuro. As medidas adotadas favorecem e incentivam diversos setores da economia, dentre eles, a usinagem de peças.

A Agenda Brasileira, que está sob os cuidados do MDIC – Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, em parceria com a ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, é fruto de muita discussão com o setor produtivo nacional. A iniciativa propõe medidas que visam incentivar a indústria 4.0, e um desses incentivos é a disposição de linhas de créditos mais acessíveis a fim de que as indústrias, independentemente do tamanho, tenham suporte para investimento em tecnologias.

Marcos Jorge, Ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, observa que “a recuperação da economia brasileira e a melhoria do ambiente de negócios trazem oportunidades para o investimento em inovação e a transformação das plantas industriais atuais em fábricas inteligentes e modulares.”

Essas medidas, que visam o incentivo do setor, por meio do conceito de jornada para a indústria 4.0, abre um leque de oportunidades para empresários que têm interesse em explorar o uso da tecnologia em seus pátios industriais e que seguem rumo a essas transformações, o que inclui o setor de usinagem de precisão. “Eficiência, controle de processos, qualidade dos produtos e segurança dos trabalhadores se impõem hoje como condição para o setor produtivo avançar rumo à indústria 4.0”, conclui o ministro.

Para Guto Ferreira, presidente da ABDI, “a indústria 4.0 deve mobilizar imediatamente nosso setor produtivo: “O futuro da economia brasileira necessariamente passa por essa nova Revolução Industrial. A sociedade e todas as esferas do poder público também precisam estar preparadas para esse novo tempo. Precisamos de um esforço conjunto, que posicione o Brasil estrategicamente nesse contexto global.”

Campanhas de conscientização, ou seja, estímulos de mais conhecimentos sobre a indústria 4.0, análise sobre as oportunidades de negócios, fábricas do futuro, conexão entre startups e indústrias, incentivos financeiros de instituições públicas e privadas e revisão das normas são algumas medidas que pretendem ser aplicadas pela jornada para a Indústria 4.0.

Espera-se, com esse investimento em indústria 4.0, um grande salto para a economia. Sendo assim, é importante que as prestadoras de serviços estejam preparadas para atender as demandas que estão por vir. Investir em otimização nos pátios industrias é investir em aumento de produtividade. Ter Centros de Usinagem bem estruturados e modernos pode fazer toda a diferença para quem pretende alcançar uma fatia deste mercado e se destacar frente à concorrência. A Vertex Usinagem, por exemplo, que está sempre atenta às demandas do setor de usinagem de peças e produz peças usinadas com excelente qualidade e custo-benefício, graças aos modernos centros de usinagem e tornos CNC que dispõe. Para mais informações, fale com a gente!

Clique aqui e curta nossa página no Facebook!

Para mais notícias, clique aqui.